Quem caminha sozinho até chega mais rápido, mas quem caminha junto chega na Austrália.

December 6, 2016, David Amaral

casal.png


Casados, estudando, empregados e na Austrália.

Você é casado ou casada e tem vontade de colocar o pé no mundo mas não sabe como? Afinal, o casamento não é feito somente de troca de carícias e promessas de amor. É preciso pagar as contas e pensar na carreira profissional, assim ambos alcançam o sucesso em comum.

Pensa-se que é mais fácil explorar o mundo ou até mesmo mudar de país enquanto se é solteiro. Afinal, a mobilidade e o fato de não ter que dar muitas satisfações do que se vai fazer da vida para outra pessoa pesam a favor dos lobos solitários.

Porém, existe um lugar na Terra onde os casais são bem-vindos e na verdade, eles levam vantagens por estarem juntos.

A Austrália!

Sabia que se você já for casado e decidir por exemplo, estudar um mestrado na sua área. O seu cônjuge pode trabalhar legalmente enquanto você faz o curso? Na verdade pode trabalhar FULL TIME em um Casual Job ou na profissão que já exerce no Brasil.

Temos um caso de sucesso entre os casais brasileiros que decidiram vir para Austrália:

Ele administrador, ela arquiteta:

  • Ele veio estudar mestrado na área e aprimorar o conhecimento no idioma inglês;
  • Ela que já fala inglês fluente, veio tentar uma posição na sua área e aproveitar a oportunidade  em que o visto para casais proporciona.

Resultado, após duas semanas de Sydney ela já estava empregada como arquiteta e ele estudando o seu mestrado. Ele já está pensando em trabalhar nas horas vagas para ajudar nas despesas de casa ou juntar grana para uma trip na região.

Talvez agora você esteja pensando: ela já falava inglês com fluência, então isso não é para gente

Bom, se nenhum dos dois falam inglês ou um está no nível básico. Nada impede de estudarem e ganharem fluência juntos. Nesse período em que estão aprimorando o conhecimento no idioma, ambos podem trabalhar como estudantes ( 20 horas por semana ) para ajudar nas despesas. Finalmente, quando um dos dois se sentir confiante para ingressar no Mestrado essa será uma boa oportunidade para o cônjuge procurar trabalho na profissão que exerce no Brasil e trabalhar sob o visto de estudante para cursos universitários (40 horas semanais) em que o(a) companheiro(a) também terá direito.

Não percam tempo, fale com a gente e nós te ajudamos a traçar um planejamento para ambos chegarem e formar uma nova história na Austrália o/

Clique no botão “quero estudar”
e faça orçamento personalizado.